A Dança dos Vampiros (1967)

936full-the-fearless-vampire-killers-poster

Um clássico que marcou para sempre a vida de Roman Polański. Contando com uma adaptação cômica da história do Conde Drácula, o filme segue a aventura do professor Abronsius e seu ajudante, Alfred, em uma terra distante e sombria, onde a população esconde um terrível segredo. Enquanto ficam hospedados na região, começam a descobrir detalhes peculiares que os levam a crer na existência de vampiros. Quando uma série de pessoas é descoberta com marcas de mordida pelo corpo, a situação piora e leva a dupla em busca da origem do problema. Seguindo uma das criaturas até o castelo nas montanhas, se colocam frente a frente com o Conde von Krolock e seu filho, Herbert von Krolock, com atitudes semelhantes a um comportamento homossexual. São forçados a passar a noite no local, em que vivem situações inusitadas, como a procura pela amada de Alfred, Sarah. Após uma tentativa falha de matar os vampiros chefes com uma estocada no coração, o aluno e seu mestre buscam um novo abrigo para ficarem durante a noite que se aproxima, sendo alvos fáceis para a festa que estaria por vir. A única forma de escaparem daquela casa dos horrores é se fantasiarem de vampiros à caráter de gala, junto da jovem. Porém, são descobertos a partir do momento em que apenas seu reflexo é visto no espelho; isso os torna a principal caça de todos os convidados. Ao escaparem por pouco são e salvos em uma carruagem, o garoto acaba sendo mordido pela amada, que se torna uma morta viva durante a fuga. O doutor sem perceber, leva consigo o mal que tinha perseguido desde o início.

a

Além de uma equipe técnica fantástica, os diálogos são bem escritos, estabelecendo uma comédia de humor negro em meio a um conto de terror, mas que se interliga a sedução. Tanto Polański como seu colega acabam se tornando uma dupla sensacional, vivendo o bobo e o inteligente. Sua forma de ver toda a situação é distorcida, e isso torna a obra mais engraçadas ainda. A partir do momento em que eles são expostos em um ambiente macabro com figuras um tanto quanto suspeitas, sua existência se torna a chave da salvação para a felicidade. Sem contar com a fotografia bem trabalhada e formada por cenários magníficos, sempre cercados de neve e sob iluminação de velas. Os ambientes dentro do castelo se tornam o lado misterioso de toda a obra. Tudo vira um labirinto sem saída durante sua fuga, com decorações medievais e surrealistas. Como diretor do filme, Polański utilizou dos comportamentos de cada indivíduo para satirizar o conto, sendo que todos passam por papel de palhaço, mesmo com suas características malévolas. A ironia está na adaptação do romance para terminar em uma dança de vampiros.

b

Diretor: Roman Polański

Produtor: Gene Gutowski

Roteirista: Gérard Brach e Roman Polański

Atores: Jack MacGowran, Roman Polanski, Sharon Tate, Alfie Bass e Ferdy Mayne

AVALIAÇÃO FINAL:

8

TRAILER:

Anúncios

Tempos Modernos (1936)

20121015-112436

Uma das maiores manifestações sociais dirigidas e estreladas pelo mestre Charlie Chaplin. O que se passa é a história de um trabalhador, que não consegue se adaptar ao estilo fordista de produção fabril e acaba tendo um colapso nervoso, sendo demitido. Inúmeras cenas cômicas acontecem durante sua jornada em busca de um novo emprego, junto a outros milhares de americanos que sofreram com a quebra da bolsa de valores. A obra mostra todo um lado dramático da sociedade urbana; além de uma polícia ignorante e que procura prender o primeiro manifestante que aparece. Mesmo com tudo de ruim que acontece com o personagem, ele se mantém feliz e disposto a ajudar os mais necessitados, até encontrar uma jovem cujo pai também está desempregado e precisa roubar comida para sobreviver. Logo que a vê, se apaixona perdidamente e faz todo o possível para obter o coração da moça. Conforme segue, os dois embarcam em várias confusões que acabam se tornando engraçadas graças às atitudes de Chaplin.

Untitled-5

Ele se torna o último pingo de felicidade em um mundo que perdeu totalmente suas esperanças e permanece nas profundezas da miséria. Por trás de toda a palhaçada roteirizada pelo próprio personagem, há uma grande crítica de como funcionava o modelo da época, em que todos viviam como robôs, sem sonhos, crenças e amor. Os tempos modernos acabam significando “tempos medievais”, com o homem vivendo como um escravo de seu patrão em busca de um misero prato de comida. A única beleza de tudo está na simplicidade em que é tratado o romance entre os personagens principais, desde olhar dramático da atriz até as peripécias do ator. Por fim, deixam a mensagem: a vida segue em frente, não podemos desistir agora. Um filme fantástico com mensagens sublinares espalhadas por toda a história, servindo de rumo para uma trama mais chocante e, ao mesmo tempo, carismática.

Untitled-6

Diretor: Charlie Chaplin

Produtor: Charlie Chaplin

Roteirista: Charlie Chaplin

Atores: Charlie Chaplin, Paulette Goddard, Henry Bergman, Stanley Sandford e Chester Conklin

AVALIAÇÃO FINAL:

8

TRAILER:

Vicky Cristina Barcelona (2008)

11134349_oriO toque mágico de Woody Allen. É um longa cercado por conflitos e as mais variadas formas de ver o amor e encarar as relações interpessoais. Ele escolheu a dedo seus personagens, dando a cada um, o seu toque de insanidade e conflitos pessoais. Cristina é uma jovem que busca achar algo que lhe complete, viaja o mundo inteiro em busca de arte e um romance diferenciado. Sua amiga, Vicky, é mais conservadora e busca manter uma vida correta ao lado de seu noivo. Porém, quando ambas vão para Barcelona, conhecem o artista Juan Antonio. Ele muda a vida delas com seu ar de “Don Juan” e cria um círculo amoroso, vindo a envolver até sua ex-mulher.

vic1

Woody Allen sabe bem como inserir seus diálogos internos mais sórdidos para a fala de seus personagens. Os pecados que cometem se tornam aceitáveis com o tempo, mas sempre acabam por retornar a realidade de suas vidas simplórias. Uma de suas características mais belas é unir a esses fatores a beleza de Barcelona, com cada ponto turístico digno de visita. Sua técnica de filmagem continua a mesma com o passar dos anos, portanto não mudou o padrão de cenas e ângulos. Esse filme é um grande atrativo para quem quer conhecer seu trabalho e entrar em sua mente enigmática.

vic2

Diretor: Woody Allen

Produtor: Letty Aronson, Jaume Roures e Stephen Tenenbaum

Roteirista: Woody Allen

Atores: Scarlett Johansson, Rebecca Hall, Javier Bardem, Penélope Cruz, Chris Messina e Patricia Clarkson

AVALIAÇÃO FINAL:

9

TRAILER: